Daniel Carniel

Natural de Garibaldi, Daniel Carniel é formado em Jornalismo pela Universidade de Passo Fundo, e tem experiência em Rádio, TV, Jornal, e Assessoria de Imprensa. Iniciou a carreira na Rádio Planalto AM de Passo Fundo e atuou no Jornal Novo Tempo de Garibaldi, TV Record, e nas rádios Guaíba e Gaúcha de Porto Alegre. Acadêmico de Direito na Escola Superior do Ministério Público integrou a assessoria de imprensa do vice-governador do Rio Grande do Sul entre 2011 e 2014. Atualmente é sócio proprietário da Diffusione Comunicação,empresa que tem sede em Garibaldi RS

Onde estão aqueles que defendiam a Venezuela?

17/04/2018 - Fonte: Portal Adesso

Compartilhe:

     Regime autoritário do ditador Nicolás Maduro deixou o país no mais completo caos. Até o momento, a inflação passa dos 800% ao ano. A população sofre com a falta de insumos básicos, como comida e itens de higiene. Com a escassez de alimentos, nos mercados, as prateleiras estão vazias.

     Após um longo período, volto a atualizar minha coluna no PORTAL ADESSO. Percebo que estamos carentes de opiniões na mídia regional. Para evitar transtornos ou desagrados, a maioria dos veículos prefere não se manifestar sobre alguns temas, mas como não trabalhamos com o trivial, vamos procurar debater os mais variados assuntos.

     Há uma década atrás, a esquerda e principalmente o Partido dos Trabalhadores – PT, se gabavam e adoravam citar como exemplo a Venezuela do então Hugo Chávez, Cuba do ditador Fidel Castro, a Argentina de Cristina Kirchner e a Colômbia de Evo Morales. Para eles, o tal socialismo defendido pelos presidentes destes países iria trazer de volta o desenvolvimento e a qualidade de vida da América do Sul e combater o capitalismo injusto e desigual.

     Durou pouco! A única coisa que esta ideologia atrasada e que não deu certo em país algum trouxe, foi mais miséria para a população e o enriquecimento dos líderes populistas que se afogaram na corrupção. No Brasil, não precisamos escrever, pois o líder máximo está preso, na Argentina, Cristina Kirchner deve ir a julgamento devido à suposta corrupção relacionada à concessão de contratos públicos na Patagônia. Em Cuba, sem o ditador e super-herói da esquerda, Fidel Castro, o país está aos poucos abrindo suas fronteiras, com isso, refugiados cubanos estão abandonando o regime e migrando para outros países como o Brasil.

     E a Venezuela? País do maluco e débil mental Hugo Chávez, que após sua morte em 2013 deixou o legado de autoritarismo e fascismo para seu sucessor Nicolás Maduro. Louco, Maduro faz de tudo para se manter no poder, prende opositores, deu poder aos militares e inventa decretos absurdos. Faz o que já fizeram na China durante a tal Revolução Cultural, na União Soviética de Stalin e na Cuba de Fidel, ou seja, ditadura.

     E onde estão os petistas e seus puxadinhos de esquerda que amavam defender o regime venezuelano? Quietinhos. Eles deveriam estar em Roraima auxiliando os milhares de Venezuelanos que fugiram do socialismo e da corrupção de Maduro, que também foi delatado pela Odebrecht.

     Mas o que eles preferem fazer? Da mesma maneira que defendem o líder condenado por corrupção no Brasil, eles preferem dizer que a culpa da miséria na Venezuela é do imperialismo, do capitalismo. È de todos, menos de quem defende esta ideologia furada que só traz miséria e fome aos povos. 

 

 

Compartilhe:

deixe seu comentário

Publicidade: