Daniel Carniel

Natural de Garibaldi, Daniel Carniel é formado em Jornalismo pela Universidade de Passo Fundo, e tem experiência em Rádio, TV, Jornal, e Assessoria de Imprensa. Iniciou a carreira na Rádio Planalto AM de Passo Fundo e atuou no Jornal Novo Tempo de Garibaldi, TV Record, e nas rádios Guaíba e Gaúcha de Porto Alegre. Acadêmico de Direito na Escola Superior do Ministério Público integrou a assessoria de imprensa do vice-governador do Rio Grande do Sul entre 2011 e 2014. Atualmente é sócio proprietário da Diffusione Comunicação,empresa que tem sede em Garibaldi RS

Baderna e imoralidade em todos os níveis

05/06/2015 - Fonte: Portal Adesso

Compartilhe:

     Acredito que estamos vivendo o pior período de nossa história, onde falta honestidade, não há seriedade e a confiança nos poderes constituídos é muito pequena. De quem é a culpa? Dos políticos? Sim, eles têm muita responsabilidade com este caos, mas não podemos esquecer da nossa parcela, afinal muitas vezes não sabemos votar ou votamos em troca de favores.

     Hoje em nosso país há uma grande inversão de valores, aliás, muito pouca gente sabe o significado desta palavra que deveria ser ensinada desde o berço. Como podemos aceitar que alunos enfrentem professores na maior naturalidade e que alguns pais ainda apoiem. Como podemos aceitar que marginais andem livres cometendo crimes sabendo que o cárcere é improvável ou por um curto período. Como podemos aceitar “Senhores da Lei” que possuem demasiados privilégios lutem por mais privilégios nos quais incluem suas famílias e não se importam com os demais mortais que pagam a conta da balbúrdia. Como podemos aceitar polícia multando apenas para arrecadar e as estradas em precário estado, sendo que pagamos altos impostos, desde IPVA até os que estão embutidos no combustível?

     O pior desta situação é saber que não temos o que fazer e principalmente a quem recorrer. A justiça na maioria dos casos é aplicada para os famosos “Três P” – Pobre, Preto e Prostituta. Colarinho branco dificilmente vai para a cadeia e quando vai é tratado como Vip. Lá na Papuda em Brasília eles não vão para celas superlotadas e muito menos correm algum tipo de risco, bem diferente de quem por ventura furtar um frango para se alimentar.

     Poderia escrever e descrever exemplos de inversão de valores que estamos vivendo neste mundo moderno, mas isso levaria tempo ou perda de tempo de quem está lendo e também páginas e páginas de texto. Porém, o que fazer para melhorar esta grave crise que no meu ponto de vista é pior até que a econômica? Não é nada muito complexo, é algo simples. Só a educação em todos os níveis para mudar o quadro tenebroso do país. Mais escolas, professores valorizados e consciência de que precisamos de uma mudança. Não só política, mudança também de caráter. Muitos defendem a volta da ditadura militar, porém, ela também teve seus problemas, principalmente na questão da liberdade.

     Não podemos ficar comparando períodos, temos que fazer alguma coisa agora e urgente. Caso contrário, só Deus sabe onde vamos parar. Analisando a atual conjuntura o mais provável é o cemitério, pois se precisarmos de saúde estamos fritos. Já andando pela rua as chances são maiores de encontrarmos o céu.

 

Que situação!

 

 

Compartilhe:

deixe seu comentário

Publicidade: