Persona

Persona: Zé Valentini e a paixão pela velocidade nas pistas

18/02/2017 - Fonte: Portal Adesso

Compartilhe:

     O Portal Adesso inicia neste fim de semana a sessão Persona. Por aqui, contaremos semanalmente a história de personagens, instituições e pessoas que fazem parte da vida e do desenvolvimento de Carlos Barbosa, Garibaldi e Bento Gonçalves. Nosso primeira reportagem é com o empresário e piloto José Valentini.

     A entrevista com o proprietário do Magazine que possui 40 anos em Garibaldi foi feita pelo repórter Flávio Antônio Ballejo, na garagem do prédio da Loja Valentini, em uma tarde de verão em que a temperatura beiravam os 35 graus.

     Natural da localidade de Nossa Senhora da Salete, em  Forqueta, interior de Caxias do Sul, Zé como é conhecido não diz a idade, porém, fala do ano que nasceu e foi em 1959. José Antônio Valentini, conhecido por Zé Valentini, é  filho de Odila Dossin e Luiz Valentini (falecido). Solteiro, o empresário atua no ramo lojista a quatro décadas, e sempre foi apaixonado por desafios e adrenalina, o que o levou para o mundo da velocidade. A paixão, surgiu quando seu irmão “Wilsinho”, comprou um Kart e passaram a competir e  participar de corridas.

     Logo mudaram de categoria, deixando para trás o Kart e migrando para corridas com Fuscas, em 1989. Nesta categoria, Valentini disputou o campeonato gaúcho. Não conformado com a baixa velocidade, no ano seguinte mudou para os Opalas. “Ali a gente andava mais, a adrenalina era maior, a emoção tomava conta e tinha muito mais retorno do público, que comparecia em massa nas provas”, relembra Zé. Os irmãos Valentini ficaram nesta categoria até 1994, ano em que Zé conquistou o título Estadual pela categoria Endurance, porém, o desejo maior ainda estava em seus sonhos, e logo se tornou realidade.

“Eu queria algo maior, mas nem sonhava que um dia iria andar em uma competição nacional. Pintou a oportunidade e fui para o brasileiro de Stock Car. Na época em que iniciei na categoria os carros utilizados eram os Ômegas e estive entre os melhores pilotos do Brasil”, conta Zé. Na Stock  Car, Valentni ficou por cinco anos, de 1995 até 2000. “Mudanças na competição,  e a vinda da TV Globo que tornou o campeonato um negócio, fez com que muitos pilotos desistissem de correr, pois os custos da Stock Car ficaram astronômicos e elitizou a disputa”, ressaltou Valentini.

     O piloto radicado em Garibaldi ainda disse que todo piloto almejava chegar na Stock que na época era a principal categoria do automobilismo brasileiro. “Eu realizei este sonho e andei ao lado das feras da velocidade como Xandão, Paulão, Ingo Hoffman e Cacá Bueno”, comentou.

     O empresário apaixonado pela velocidade, recorda que foram poucos da região e até do Rio Grande do Sul, que conseguiram correr na mais importante categoria do automobilismo. “Garibaldi teve o  Zé  Valentini”,brinca o piloto. A paixão pela velocidade, não deixou o filho da Dona Odila desistir do seu brinquedo por completo.

     As últimas aceleradas foram pela categoria Pick-up Racing, onde competiu de 2001 até 2007. “Não estou aposentado, estamos avaliando as possibilidades para em breve voltar em uma categoria. Competir está no meu sangue e estou com muita vontade de retornar”, finalizou o empresário e piloto.

 

 

mais fotos:

Persona:  Zé Valentini e a paixão pela velocidade nas pistas

Compartilhe:

deixe seu comentário

Publicidade: