Polícia

Delegado apresenta investigações de crimes ocorridos em Garibaldi

11/07/2017 - Fonte: Portal Adesso - Fotos: Daniel Carniel

Compartilhe:

     Titular da Delegacia de Polícia Civil, Clóvis Rodrigues de Souza, apresentou detalhes do trabalho realizado e mostrou objetos apreendidos em coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira (11).

     Com a participação de veículos de imprensa de Garibaldi, Carlos Barbosa e Bento Gonçalves, o delegado da Polícia Civil de Garibaldi, Clóvis Rodrigues de Souza, apresentou dados das ocorrências que mais tiveram repercussão na cidade nos últimos meses, dentre elas, crimes de homicídio e prisões de traficantes.

     No caso em que um corpo foi encontrado carbonizado, com os pés e mãos amarrados no último dia 04 na estrada de Sâo Miguel, próximo ao Parque da Fenachamp, o delegado Clóvis afirmou que anel encontrado em um dos dedos da vítima, levou uma pessoa a ir reconhecer o corpo, porém, este não foi confirmado. Material genético de outra pessoa foi colhido para fazer exame de DNA e tentar buscar o reconhecimento do corpo.

     Além disso, Dr. Clóvis também falou sobre o fechamento de um ponto de tráfico no bairro Bela Vista I em Garibaldi, onde para a polícia era o local em que se concentrava o tráfico na cidade. Conforme o delegado, no mesmo local em 2016, uma mulher havia sido presa por tráfico. Já no último dia 06, foi preso em flagrante Glênio Belletz, 30 anos. Na casa foram encontrados dinheiro, droga, material para embalar entorpecentes e armas. O preso é natural da cidade de Guaraciaba em Santa Catarina, e tem um longo histórico de crimes cometidos na cidade de Venâncio Aires. O delegado acredita que com o fechamento deste ponto, o tráfico de drogas deva ter diminuído no município.

     Finalizando a entrevista coletiva, o delegado Clóvis manifestou-se a respeito do homicídio ocorrido neste domingo (09), no Bairro Fenachamp.  De acordo com o titular da Delegacia de Polícia Civil, Gilmar da Rocha,de 54 anos, foi assassinado após a tentativa de apartar uma briga. Um dos envolvidos na discussão foi o autor do homicídio, por circunstâncias ainda não bem esclarecidas.

     O autor do crime já foi identificado, mas conforme o delegado Clóvis Rodrigues de Souza, (no dia da coletiva - 11/07) o mesmo estaria foragido. Porém, a advogada do autor que não teve seu nome divulgado, entrou em contato com o Portal Adesso e afirmou que seu cliente não estaria foragido, uma vez que não existe nenhum mandado de prisão contra ele. 

     Ainda conforme a advogada, o autor do homicídio já se apresentou para a polícia. 

 

mais fotos:

Delegado apresenta investigações de crimes ocorridos em Garibaldi Delegado apresenta investigações de crimes ocorridos em Garibaldi Delegado apresenta investigações de crimes ocorridos em Garibaldi

Compartilhe:

deixe seu comentário

Publicidade: