Geral

Garibaldi em dia com a Justiça Trabalhista

13/11/2017 - Fonte: Portal Adesso - Foto: Divulgação

Compartilhe:

     Em comparação com Bento e Carlos Barbosa, município garibaldense é o único que não possui débitos com a Justiça do Trabalho

     Segundo informações do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região – TRT 4, a Capital do Espumante não possui nenhum valor oriundo de processos judiciais – conhecidos como precatórios, que são requisições de pagamento expedidas pelo Judiciário para cobrar de municípios, estados ou da União, assim como de autarquias e fundações, o pagamento de valores devidos após condenação judicial definitiva. Cidades vizinhas, como Bento Gonçalves  e Carlos Barbosa, por exemplo, viram suas dívidas aumentarem.

     Para o Secretário da Fazenda de Garibaldi, Antonio Fachinelli, não haver nenhuma dívida é resultado de uma gestão pública feita com seriedade. Visto que se não houver pendências trabalhistas, indenizações, desapropriação e tributos indevidos, menos será gasto em precatórios judiciais.

     Na região Bento Gonçalves continua sendo o município com maior dívida junto ao TRT 4, porém, houve uma redução nos valores. Em 2016 a Capital do Vinho devia mais de R$ 3 mi em precatórios. Neste ano, o valor caiu para R$ R$ 2.940.242,79.

     Carlos Barbosa viu seus dividendos aumentarem, de R$ 167 mil em 2016, para R$ 319.136,13 em 2017, um incremento de mais de 90% em dívidas judiciais.

 

 

 

 

Compartilhe:

deixe seu comentário

Publicidade: