Polícia

Traficantes fazem ameaças na Praça da Martini em Garibaldi

04/04/2018 - Fonte: Portal Adesso - Fotos: Portal Adesso

Compartilhe:

     Local é um dos principais pontos do tráfico da cidade. Vigilante que já foi vítima de violência no ano passado, cogita deixar o emprego.

     O tráfico de drogas em Garibaldi vem causando problemas para moradores e freqüentadores da Praça Martini e Rossi. O PORTAL ADESSO recebeu denúncias de que traficantes, estariam ameaçando o segurança, que trabalha no local.

    Segundo informações, a praça seria um dos pontos onde a venda de drogas é realizada e, a presença do vigilante, estaria perturbando o comércio. O guarda, que trabalha como terceirizado pela prefeitura, permanece no local até meia noite, horário que o último ônibus do transporte universitário chega na praça.

     A Brigada Militar estaria encarregada de realizar rondas nas proximidades da praça, como forma de garantir a segurança do vigilante. Entretanto, a informação é de que as rondas não vêm sendo realizadas, devido ao pouco efetivo que existe na cidade.

     A fonte ainda afirmou que o segurança que fica no local estaria com medo das ameaças e até estaria cogitando deixar o emprego. No ano passado, ele foi esfaqueado na Farmácia Municipal por um usuário.

     Em entrevista ao PORTAL ADESSO, o Tenente Marco Aurélio Oliveira, responsável pela Brigada Militar de Garibaldi, afirmou que o policiamento na área é realizado diariamente.

     “Passamos neste local todos os dias, inclusive quando notamos circulação suspeita, paramos para verificar. Sabemos dos problemas que tem ali, porém não podemos ficar apenas concentrados neste local”, afirma.

     Além disso, o Tenente frisa que as ameaças são consideradas crimes. Neste caso, é necessário que a pessoa coagida, entre em contato com a BM, solicitando o deslocamento até o local, ou registre um Boletim de Ocorrência.

     O PORTAL ADESSO procurou o vigilante para que ele comentasse sobre as denúncias recebidas, mas este não foi encontrado.

Compartilhe:

deixe seu comentário

Publicidade: