Saúde

Vigilância investiga crianças com suspeita de H1N1 em Garibaldi

27/07/2018 - Fonte: Portal Adesso - Foto: Reprodução

Compartilhe:

    Os casos em cidades da região envolvendo a gripe H1N1, vem deixando a população e os órgãos de saúde de Garibaldi, em estado de alerta. Nesta sexta-feira (27) o PORTAL ADESSO conversou com a enfermeira coordenadora do Posto Central, Rachel Bombardelli sobre o a doença e possíveis casos na cidade.

     Para Rachel é essencial que as pessoas que estejam com sintomas de gripe, busquem atendimento médico. Os sintomas da influenza, como febre, tosse e dor de garganta, podem ser facilmente confundidos com uma gripe comum.

     Além disso, o antiviral utilizado para combater a doença, é mais eficiente se aplicado em no máximo 48 horas após o início dos sintomas.

     Apesar da Campanha Nacional da Vacinação ter sido estendida, Rachel conta que os grupos das gestantes e crianças, foram os únicos que não atingiram a meta na cidade. Até o momento, duas crianças seguem em observação por suspeita de terem contraído a influenza.

     Com o fim das imunizações, a enfermeira aconselha que medidas de prevenção sejam adotadas no cotidiano. Hábitos como utilizar lenços descartáveis ao tossir, lavar as mãos e manter ambientes arejados, podem evitar o contágio.

 

 

Compartilhe:

deixe seu comentário

Publicidade: