Trânsito

Em Carlos Barbosa quebra-molas são retirados, já em Garibaldi....

09/10/2018 - Fonte: Portal Adesso - Fotos: Portal Adesso e Assessoria de Imprensa de Carlos Barbosa

Compartilhe:

      Quantidade de quebra-molas na cidade de Garibaldi é absurdamente alta. No município vizinho, administração municipal está retirando em vários pontos.

      Na manhã desta terça-feira (09), funcionários do município de Carlos Barbosa estavam realizando a remoção de um quebra-molas na rua Rio Branco, em frente da antiga empresa Grendene. Após o encerramento das atividades da empresa, a secretária de trânsito verificou a necessidade de remoção.

      Outros pontos de grande circulação onde quebra-molas foram retirados, foi na rua Júlio de Castilhos, uma das principais vias da cidade. No local, após obras de pavimentação asfáltica, não apenas um, mas dois quebra-molas foram retirados. O objetivo é dar maior fluidez ao trânsito.

      Por outro lado, Garibaldi vem sendo considerado o município que mais possui quebra-molas por número de habitantes. Em muitos pontos, ao invés de placas de sinalização em cruzamentos, foi construído um quebra-molas.

      Exemplo disso é quem se desloca de Carlos Barbosa a Garibaldi pela estrada Buarque de Macedo (estrada velha). Se utilizar o caminho do trevo da Boate Cisne Branco até a estação rodoviária, o motorista passa por 11 quebra-molas. São 02 na rua Nossa Senhora do Carmo, e mais 09 na Buarque de Macedo, do bairro Alfândega em direção ao Centro.

      Na recém pavimentada rua David Sartori, outro caso. Ali foi construído um quebra-molas na descida do morro. Além disso, foi colocado tartarugas para dividir a pista, porém, do outro lado da via, é possível estacionar, o que diminui o espaço de passagem para os veículos, que se obrigam a passar por cima das tartarugas.

      O Portal Adesso recebeu dezenas de reclamações de motoristas e comunidade em geral dizendo que é preciso urgente repensar o trânsito do município e também os critérios de colocação de quebra-molas.

      Vamos contatar o secretário de trânsito e faremos nova reportagem sobre a quantidade de quebra-molas em Garibaldi.

 

 

 

 

Compartilhe:

deixe seu comentário

Publicidade: