Colunistas


Vinhos e Afins

10/01/2014 Portal Adesso

     Suco de Uva é Saúde

     A elaboração do suco de uva consiste em alguns distintos processos, primeiramente a escolha das castas para elaboração da maioria dos sucos se dá a partir de variedades americanas como Isabel, Isabel Precoce, Bordô e Concord.

     Então é feita a colheita e levada a cantina, tendo sempre o cuidado com o transporte e esmagamento da uva, após a chegada na cantina as uvas passam por uma desengaçadeira, onde será separado o cacho dos grãos, e após isso vai para os tanques ou pipas para que sofra uma maceração, ou seja, a casca fica em contato com o liquido. Nesta fase também são feitas várias remontagens, que consistem em retirar o liquido debaixo do tanque e jogar ele para cima para molhar o “chapéu”, e assim extrair mais coloração e compostos fenólicos. Neste processo também o mosto da uva recebe uma dosagem de um antisséptico, para inibir a fermentação e auxiliar no processo. 

     Terminado este processo, o suco então é filtrado, ou seja, é retirada todas as partículas em suspensão para que ele chegue com uma melhor apresentação na mesa do consumidor, para que possa saborear e ajudar na sua própria saúde, através de vários estudos, como:

·         Ação antioxidante e antimutagênica dos sucos de uva;

·         Aumenta expectativa de vida;

·         Reduz a formação de placas de gordura;

·         Pode ter ação contra desenvolvimento de tumores;

·         Evita formação de moléculas de radicais livres que podem induzir ao câncer;

·         Diminui as chances de obstrução nos vasos sanguíneos;

·         Tem o mesmo efeito vasodilatador do vinho mas sem efeitos colaterais do álcool;

 

     Todos estes benéficos efeitos para a saúde devem – se a vários constituintes, mas principalmente pelos polifenóis, compostos encontrados na casca da uva, e o resveratrol, que tem ação antioxidante.

     Polifenóis: encontrados em diversas formas na natureza, são parte integrante do flavonóides e possuem grande poder de neutralizar as moléculas de radicais livres. São consideradas substâncias antioxidantes

     Resveratrol: um dos mais potentes oxidantes, o resveratrol é uma espécie de antibiótico natural, produzido como parte de defesa das plantas, geralmente na época das chuvas. O resveratrol é encontrado em uma película junto à casca dos grãos da uva.

     Quercitina: é um polifenol, assim como o resveratrol, que ajuda a contribuir para a boa saúde humana e tem a mesma ação do resvetrarol, apenas presente em menor quantidade.

     A ação antioxidante do resveratrol, já foi comprovada cientificamente. A substância é capaz de inibir a oxidação do LDL, o colesterol ruim. Quando oxidada essa molécula nociva tem ainda mais facilidade para se depositar nas artérias até obstruí-las, provocando um infarto ou derrame. O resveratrol é um componente do vinho ou do suco e não apenas só antioxidante, mas também com propriedades anti-inflamatórias, antitumorais e que ajudam na prevenção de doenças cardiovasculares.

 

MAIS DO COLUNISTA