Geral


Garibaldi tem apenas 102 contêineres de coleta de lixo

31/10/2016 Portal Adesso
Anterior Próximo

     Com uma população de mais de 30 mil habitantes, o município de Garibaldi precisa urgente repensar em melhorias no sistema de coleta e armazenamendo do lixo. No centro da cidade, é comum ver resíduos espalhado pelo chão e lixeiras acima de sua capacidade, dando uma má imprensão tanto para o morador quanto para o turista.

     O crescimento populacional, faz aumentar o consumo e consequentemente a produção de lixo. Em Garibaldi, é frequente os moradores, tanto na área central como em bairros, se depararem com montanhas de resíduos transbordando das lixeiras.

     O Portal Adesso recebeu várias imagens de internautas, mostrando o lixo espalhado,  e por este motivo, foi em busca de informações, de como isso é tratado pela administração municipal, buscando evitar que o lixo seja depositado fora dos locais adequados, por não ter espaço suficiente. 

     Em nota enviada a nossa redação, a Secretária Municipal de Meio Ambiente, Cristina Mersoni, destaca que estão instalados no município, 102 contêineres, prioritariamente na área central. Os equipamentos, segundo ela, foram disponibilizados a prestadores de serviços e ao comércio, onde há maior geração de resíduos.

     Perguntado quais os critérios para instalação de mais equipamentos, inclusive em bairros que não recebem este benefício, a Secretária respondeu que conforme o Código Municipal de Limpeza Urbana, os usuários, imóveis residenciais ou não, devem providenciar por meios próprios os recipientes necessários ao acondicionamento dos resíduos sólidos gerados.

     Sendo assim, nos bairros, locais com maior geração, como condomínios e prédios, e em lugares ainda não atendidos pela coleta conteinerizada, cada gerador (moradores), devem providenciar a própria lixeira, com identificação da separação (seletivo e orgânico). O modelo pode ser definido pelo morador.

     Em relação ao acumulo de resíduos nas lixeiras, Cristina destacou que existe roteiro diário para a coleta. Nos bairros em dias alternados da semana e na área central isso é feito diariamente, de segunda à sábado.

     A orientação, é que o resíduo seja depositado no devido local, próximo ao horário de recolhimento. Ela comenta que devido alguns estudos, será revisado e atualizado o diagnóstico do sistema de gerenciamento de resíduos para aprimorar a coleta e a prestação dos serviços.

 

 

MAIS NOTÍCIAS