Geral


Garibaldi deverá ter novo depósito de veículos

02/10/2017 Jornal Novo Tempo - Foto: Adesso TV

     Guinchos Tingo, atual centro credenciado na cidade solicitou o descredenciamento junto à autarquia, que abriu vaga para nova empresa.

     O município de Garibaldi deverá ter em breve um novo Centro de Remoção e Depósito (CRD) de veículos. Na semana passada, o Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul abriu credenciamento para novos centros em 27 municípios gaúchos, incluindo Garibaldi.

     De acordo com informações da assessoria de imprensa do DETRAN, o Guinchos Tingo, atual centro credenciado que presta serviços para a cidade solicitou o seu descredenciamento junto ao Detran. Por isso, foi aberto o credenciamento para atender plenamente a demanda da cidade.

     As portarias de abertura e credenciamento foram publicadas no Diário Oficial do Estado no dia 25 de setembro e podem ser acessadas no site: www.detran.rs.gov.br, clicando no menu publicações legais e, em seguida no link portarias.

     Os interessados terão o prazo de 02 a 11 de outubro para encaminhar requerimentos e documentação ao Protocolo do Detran/RS, na Avenida Voluntários da Pátria, em Porto Alegre, n° 1358, 5° andar, CEP 90030-010.

     As empresas candidatas deverão ter como objeto social a atividade de remoção e depósito de veículos, estabelecida no município para o qual se candidatar, sendo vedadas atividades correlatas a desmanches e conserto de veículos, ferro velho e comércio de acessórios e peças automotivas novas e usadas. 

     Além de Garibaldi, serão abertos novos depósitos em Porto Alegre, Arroio Grande, Cahoeira do Sul, Canoas, Capão do Leão, Carlos Barbosa, Caxias do Sul, Charqueadas, Dois Irmãos, Frederico Westphalen, Ibirubá, Jaguarão, Julio de Castilhos, Lagoa Vermelha, Nova Prata, Novo Hamburgo, Rio Grande, Santa Cruz do Sul, Santo Cristo, São José do Norte, São Leopoldo, São Sepé, Sarandi, Serafina Corrêa, Teutônia e Tupanciretã.

  A equipe da ADESSO TV conversou com o gerente do Guinchos Tingo que explicou os motivos do descredenciamento.

Clique e Assista:

 

 

MAIS NOTÍCIAS