Educação


Aulas presenciais poderão retornar no início de setembro

Secretária Municipal de Educação comentou sobre possíveis mudanças para o segundo semestre letivo
02/08/2021 Portal Adesso - Foto: Ilustração

     Nesta segunda-feira (02), as escolas municipais de ensino fundamental de Garibaldi retornaram as suas atividades escolares de forma híbrida, após uma semana de recesso. A expectativa dos pais e alunos de um retorno 100% presencial acabou sendo adiada novamente, mas boas novas podem estar chegando nos próximos meses no município. 

     De acordo com a Secretária Municipal de Educação, Beatriz Arregui Sopelsa, há possiblidade de um possível retorno integral dos alunos as escolas no mês de setembro. “Poderão haver mudanças no final de agosto ou início de setembro. Não há nada concreto ainda, mas estamos visualizando a situação e temos essa expectativa”, afirmou a secretária.

     No momento, as escolas estão trabalhando com o ensino híbrido, onde parte dos alunos realiza as atividades propostas na escola, e outra parte em casa.

     Sobre a participação dos alunos nas atividades escolares, Beatriz comentou que o número de estudantes presenciais na escola diminuiu, se comparado com o início das atividades. “Quando iniciamos lá em maio, tínhamos uma participação de praticamente 100%, mas com o andar do tempo, os alunos acabaram se afastando do modo presencial e cresceu o número de alunos no modo remoto”, falou.

     Mas ela ponderou que recentemente o número de alunos presenciais voltou a registrar aumento. “Agora estão apresentando um movimento de retorno mais presencial novamente. Mês a mês os números apresentam melhora ou piora, mas tem a questão das condições climáticas, que muitas vezes acabam dificultando. Mas com a vacinação avançando e as famílias retornando a uma rotina normal, acreditamos que as coisas melhorem”, destacou Beatriz.

     Questionada também sobre o novo ensino médio, em discussão no Ministério da Educação (MEC), a secretária comentou que ainda não há nada a respeito e que o município está aguardando uma posição do Governo Estadual para uma possível implantação na rede estadual de ensino. 


MAIS NOTÍCIAS