Geral


RGE investiu R$ 1,6 milhão em Garibaldi entre janeiro e setembro deste ano

14/12/2018 Portal Adesso - Foto: Divulgação

     Valor investido pela distribuidora no município serviu para o fortalecimento da rede elétrica, incluindo a troca de 137 postes. As obras concluídas pela Rio Grande Energia (RGE) em Garibaldi, entre janeiro e setembro deste ano, permitiram que a rede elétrica do município ficasse mais robusta e fortalecida. Isso se deve aos investimentos que chegaram a R$ 1,6 milhão nos primeiros três trimestres deste ano. Em uma das principais frentes de trabalho, a distribuidora do Grupo CPFL trocou 137 postes de madeira por concreto em diversos bairros e localidades.

     Parte significativa do investimento dos nove primeiros meses do ano foi aplicada exatamente para a manutenção da rede elétrica, onde se incluem as substituições de postes. Ao todo, R$ 469 mil serviram para essas ações que podem ser obras programadas, quando ocorrem trocas de postes, manutenção de religadores automáticos, transformadores e reforma de rede, ou emergenciais, realizadas, principalmente, quando há temporais que atingem a rede elétrica.

     Além disso, 2.700 metros de rede passaram por reformas e têm, agora, um cabeamento mais moderno e tecnológico, principalmente com a presença dos espaçadores entre os cabos. Essa é a chamada rede compacta, que diminui as chances de toque entre eles e, por consequência, interrupção no fornecimento.

     Outro componente importante, presente na rede elétrica de Garibaldi, é o religador automático. Entre janeiro e setembro, seis novos religadores foram instalados nas redes de distribuição de energia do município. Com isso, já são 17 religadores, responsáveis por restabelecer a energia em um curto espaço de tempo quando a interrupção ocorre sem danos físicos na rede, como quando um galho de árvore encosta em um cabo. Além disso, o religador auxilia o Centro de Operações na realização de manobras de carga, necessárias quando há um desligamento para obra programada ou emergencial, por algum problema. A manobra permite que a energia seja direcionada às redes de baixa tensão e chegue aos clientes através de outros caminhos.

     Segundo a Consultora de Negócios da RGE, Polyanna Cunha, as ações desenvolvidas pela distribuidora nos três primeiros trimestres deste ano beneficiam todos os 15,5 mil clientes de Garibaldi, da cidade e localidades do interior. “Tivemos um acréscimo significativo no número de religadores automáticos presentes nas redes do município neste ano. Isso torna todo o sistema mais tecnológico e permite operações mais rápidas, feitas à distância pelo Centro de Operações. Além disso, as substituições de postes também dão maior robustez à rede”, destaca Polyanna.

MAIS NOTÍCIAS