Esportes


Esportivo está a dois jogos da Série A

Alviazul irá enfrentar o Guarani de Venâncio Aires na fase que pode levar o clube à elite do futebol gaúcho em 2020
29/04/2019 Portal Adesso - Foto: Kevin Sganzerla/divulgação

     Com emoção até o último minuto: foi dessa forma que o Clube Esportivo de Bento Gonçalves carimbou passagem para as semifinais da Divisão de Acesso 2019. Até a reta final da partida realizada neste domingo (28), contra o Lajeadense, a decisão estava se encaminhando para as penalidades máximas, mas a estrela do técnico Carlos Moraes brilhou no momento certo: logo após sua entrada em campo, o centroavante Nena anotou o gol da classificação. Com isso, o alviazul se credencia para encarar o Guarani de Venâncio Aires, na fase que pode levar o clube ao tão sonhado acesso à elite do futebol gaúcho em 2020.

     Precisando apenas de um empate para avançar, o Esportivo tinha, além do resultado, o apoio da torcida bento-gonçalvense – que foi em peso ao Montanha dos Vinhedos em uma tarde de domingo com cara de inverno. Com um início de jogo de domínio adversário, o alviazul logo impôs seu estilo de jogo – marca do quê apresentou ao longo do campeonato. Tanto que, ainda na primeira etapa, poderia ter saído a frente no placar se não fossem os dois gols anulados de Zulu devido a irregularidades nos lances, quando a partida ainda estava em 0 a 0.

     Porém, quem foi para o intervalo com a vitória foi a equipe de Lajeado. Aos 37 minutos, o camisa 9 Maycon Bamberg abriu o marcador em um belo lance na grande área. A reação alviazul foi imediata: Toni Júnior, no minuto seguinte, cabeceou para o gol, após cruzamento de Xaro, e empatou o jogo. Mas, em um novo descuido da defesa bento-gonçalvense, o Lajeadense retomou a vantagem no placar novamente com Bamberg, dessa vez aos 44 minutos. 

     Na volta para a segunda etapa, o técnico Carlos Moraes ajustou a marcação. "A única coisa que pedi no intervalo foi que não nos desorganizássemos, como aconteceu no primeiro tempo", revela. E foi atendido: com diversas chances acumuladas, a insistência da equipe levou ao gol no final da partida, quando tudo se encaminhava para a decisão por pênaltis. Após a equipe ficar com um homem a mais em campo, o centroavante Nena, que vinha sendo reserva, entrou aos 41 minutos e decidiu aos 42 com um tento anotado de cabeça – para êxtase da torcida local.  "Me sinto muito feliz em poder voltar a marcar um gol, ainda mais em um momento tão importante para o clube devido ao centenário", descreve o jogador.

     Morares optou por colocar em campo praticamente o time base que buscou a classificação para as quartas de final e que fez o enfrentamento com a Lajeadense na partida de ida, entrando com: Jonatas; Cleiton, Gullithi, Jonas e Vinícius Bovi, Nunes, Xaro (Gustavo Xuxa), Athos (Diego Torres) e Eduardinho; Toni Júnior (Nena) e Zulu. "O Esportivo, desde a sua montagem, se caracterizou por ter um grupo. Então os méritos são do conjunto, como um todo. Sabemos que não tem nada ganho, por isso vamos nos concentrar para que possamos atingir o objetivo do acesso nas duas próximas partidas, lutando até o final", destaca.


Confira os resultados das partidas de ida das quartas de final

São Paulo-RS (3)1 x 1(5) Ypiranga (Ypiranga classificado)

Glória (4)0 x 0(2) Bagé (Glória classificado)

Guarani-VA 2 x 1 Igrejinha (Guarani classificado)

Esportivo 2 x 2 Lajeadense (Esportivo classificado)

 Próximo jogo

O quê: Guarani-VA x Esportivo, pela semifinal da Divisão de Acesso

Quando: domingo (05), às 15h30

Onde: estádio Edmundo Feix, em Venâncio Aires



MAIS NOTÍCIAS