Economia


Faturamento do polo moveleiro de Bento Gonçalves cresce 5% em 2019

O município é responsável por 25% de todo faturamento do setor no Rio Grande do Sul
04/02/2020 Portal Adesso - Foto: Divulgação

     O faturamento de Bento Gonçalves encerrou o ano de 2019 em R$ 1,865 bilhão, o que representa um crescimento nominal de 5% em relação a 2018. Os dados da Secretaria da Fazenda compilados pelo setor de inteligência comercial do Sindmóveis mostram que a evolução nominal é a maior registrada nos últimos seis anos, sinalizando o início de uma recuperação no setor.

     O polo moveleiro de Bento Gonçalves é responsável por 25% de todo faturamento do estado do Rio Grande do Sul, que foi de R$ 7,6 bilhões no ano passado – um crescimento nominal de 8,9% quando comparado ao ano de 2018.

     O Sindmóveis já havia divulgado, em janeiro, o balanço da fatia que corresponde às exportações, com saldo positivo de 10,7% em 2019, na comparação com o ano anterior. As exportações vêm num crescente no polo moveleiro de Bento Gonçalves nos últimos quatro anos, passando de US$ 34 milhões em 2016 para os atuais US$ 47 milhões.

Expectativa para a Movelsul

     O presidente do Sindmóveis, Vinicius Benini, pontua que os desafios para 2020 ainda são grandes, mas a expectativa é que seja o melhor ano para a indústria moveleira desde 2013.  “Estamos considerando um crescimento econômico maior neste ano, com destaque elevado nas exportações e importantes eventos do setor que devem aquecer o mercado, como a Movelsul Brasil em Bento Gonçalves”, elenca.

     A Movelsul Brasil 2020 vem com 40% de novos expositores e empresas retornando à feira, o que demonstra a inclinação do setor a investimentos para a retomada. A estratégia da Movelsul Brasil para a geração de negócios qualificados inclui a atração de lojistas do segmento de e-commerce e mobiliário corporativo; a diversificação no mix de expositores e a criação de espaços de inspiração dentro da feira.


MAIS NOTÍCIAS