Política


Duas secretárias deixam o governo Zibetti em Carlos Barbosa

Motivo é a desincompatibilização eleitoral que define prazo para candidatos deixarem cargos
03/04/2020 Portal Adesso - Fotos: Arquivo

     Devido a pandemia de coronavírus, ainda não existe nenhum comunicado por parte do Tribunal Superior Eleitoral – TSE, sobre a realização ou não das eleições municipais de 2020. Porém, os postulantes a cargos públicos precisam respeitar as regras em vigor e se afastarem de cargos públicos.  A medida busca assegurar que não haja nenhum tipo de influência por parte daquele que já ocupa cargo público e deseja concorrer novamente, além de zelar pela igualdade dos candidatos na disputa. 

     Se o cidadão que pretende ser candidato não respeitar o prazo estipulado de desincompatibilização do cargo ou função pública, ele poderá ser considerado inelegível pela Justiça Eleitoral, conforme a Lei Complementar nº 64/1990 (Lei de Inelegibilidades).

     Para evitar qualquer problema, secretários municipais que pretendem disputar a eleição deixaram seus cargos nesta semana. Em Carlos Barbosa, conforme o prefeito Evandro Zibetti (MDB),  anunciou a saída das secretárias durante a participação no programa Prato Limpo desta quarta-feira (01), as pastas queforam modificadas são a de turismo e a de assistência social. 

     A secretária de Turismo, Jeneci Mocellin, que é filiada ao PDT deixou o cargo e quem assumiu no seu lugar foi Vanessa Campana. Já na Assistência Social, cargo que era ocupada por Jéssica Dalcin Andrioli (MDB), quem assume é Fábio Fiorotto. 


MAIS NOTÍCIAS