Saúde


Novos leitos de UTI podem tirar Serra de bandeira vermelha

Vagas estariam sendo habilitadss nas próximas semanas em Bento Gonçalves, Farroupilha, Caxias do Sul e Gramado
18/06/2020 Portal Adesso - Foto: Divulgação

     A Serra gaúcha está buscando alternativas para sair da bandeira vermelha, imposta pelo do sistema de distanciamento social controlado do governo do Estado. Uma das possibilidades, encontradas pelas prefeituras municipais, é a abertura de novos leitos em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). A Região conta hoje com 201 vagas, somando as destinadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) e particulares. A expectativa é a ampliação deste número nos próximos dias.

     Conforme o prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, divulgou, durante uma transmissão via redes sociais, realizada após o Governo do Estado confirmar que a serra permaneceria em bandeira vermelha, novos leitos de UTI estariam sendo habilitados nas próximas semanas em Farroupilha, Caxias do Sul e no próprio município de Bento, aliviando as taxas de ocupação.

     No Hospital Tacchini serão disponibilizadas mais 5 vagas, custeadas pelo poder público municipal, três pela prefeitura de Bento e duas pela prefeitura de Carlos Barbosa. O Hospital São Roque de Farroupilha também receberá outras 5 vagas. Em Caxias, serão 12 novos leitos, entre SUS e particular. O hospital de Gramado, pertencente a região da Serra, já conta, desde a última sexta-feira (12), com 8 vagas destinadas a tratamento de Covid.

     Com o aumento no número de leitos de UTI a expectativa é que, na próxima avaliação do Gabinete de Crise do Governo do Estado, responsável pela avaliação do sistema de bandeiras de cada região, retorne a serra gaúcha para a cor laranja, que impõe algumas medidas restritivas, mas permite o funcionamento de comércios e serviços considerados como não essenciais.


MAIS NOTÍCIAS