Polícia

Casos de abuso sexual continuam crescendo em Bento Gonçalves

14/03/2017 - Fonte: Portal Adesso - Imagem: ilustração

Compartilhe:

     Nos primeiros meses do ano de 2017, já foram registrados 12 casos de estupro, um número assustador, uma vez que durante todo ano de 2016, foram registrados 44.

     Neste final de semana, mais duas pessoas foram vítimas desse crime. Uma mulher de 25 anos foi atacada por dois indivíduos armados com faca quando ia para casa nesta sexta-feira (10). Eles anunciaram o assalto e arrastaram a vítima para um lugar escuro, onde ela sofreu violência sexual. Após o abuso, a mulher conseguiu pedir socorro para um taxista que passava nas proximidades. Os bandidos fugiram em direção ao bairro Juventude.

     Policiais da Brigada Militar fizeram buscas na região, mas não localizaram os autores do crime. A vítima foi encaminhada até a UPA 24h, onde foi submetida a exames.

     O outro caso, foi na noite de sábado (11), quando uma menina de apenas sete anos de idade foi vítima. O principal suspeito é um tio da menina, irmão do ex- companheiro da mãe dela, que mora com a família e cuida das crianças enquanto a mãe trabalha. A menina relatou que o tio trancou o irmão dela, de seis anos, em um quarto e cometeu o abuso. Ela então foi agredida. Após isso, o tio não foi mais visto.

     Segundo o CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social de Bento Gonçalves, as medidas tomadas pelo concelho sobre o auto índice de abusos, é fazer com que as pessoas denunciem mais, pois muitas se calam por medo, e denunciar é um importante instrumento de intervenção da sociedade no sentido de coibir a prática do abuso e da exploração sexual, principalmente em crianças e adolescentes.  

 

 

 

 

Compartilhe:

deixe seu comentário

Publicidade: