Carros e Motos

Nova Triumph Bobber tem visual radical e tocada prazerosa

15/09/2017 - Fonte: Aldo Tizzani/Blog da Infomoto - Foto: Motorbike Magazine

Compartilhe:

     Com um irrepreensível desenho retrô, a Triumph Bonneville Bobber causa muita curiosidade por onde passa. Ela foi inspirada nos modelos ‘reconstruídos’ pelos soldados que voltavam da Segunda Guerra. A nova clássica da Triumph também incorporou uma pitada de tecnologia: freios ABS, controle de tração e modos de pilotagem. O preço sugerido é de 50 mil.

     O que a atenção, é o grande para-lama traseiro, tampas do motor e reservatório do óleo em aço escovado, falso carburador e espelhos retrovisores nas extremidades do guidão. Completam o conjunto rodas raiadas calçadas com pneus sem câmara.

     Com um ronco agradável, a Bobber desperta. O motor conta com refrigeração líquida, comando simples no cabeçote (SOHC) e intervalo de 270° na ignição O propulsor de dois cilindros paralelos oferece muita força em baixas e médias rotações. São 10,81 kgf.m de torque máximo já a 4.000 giros para empurrar os 228 kg (a seco). Na estrada, com sexta marcha engatada, e a pouco mais de 3.000 giros, a moto já está a 120 Km/h. Sempre querendo mais. A potência declarada pela Triumph é de 77 cv a 6.100 RPM. A transmissão final é feita por corrente e o câmbio oferece seis velocidades conta com a última marcha alongada.

     A suspensão dianteira usa garfo telescópico KYB convencional com 90 mm de curso. A traseira usa amortecedor com 77 mm de curso e ajustes na pré-carga da mola. O conjunto absorve bem as imperfeições do piso. Em nenhum momento, mesmo com asfalto irregular a moto deu “fim de curso”. Mas a Bobber foi concebida para desfilar em asfalto de boa qualidade. Já o sistema de freios usa disco de 310 mm na dianteira e 255 mm na traseira. Com o sistema auxiliado pelo ABS, tudo se torna mais seguro.

     A Bobber é muito mais que estilo. É uma moto de concepção simples e fácil de pilotar.

Compartilhe:

deixe seu comentário

Publicidade: