Geral

Secretaria estuda forma de solucionar casos de moradores de rua em Garibaldi

10/04/2018 - Fonte: Portal Adesso -

Compartilhe:

     Identificados em 2016, problemas relacionados ao alcoolismo, são os responsáveis pela condição dos sem teto. Os recorrentes casos de moradores de rua, que passam a noite em áreas centrais de Garibaldi, vem chamando a atenção de comerciantes e frequentadores da cidade.

     O PORTAL ADESSO conversou nesta terça-feira (10), com o Secretário de Assistência Social, Calvete Poleto e, com a assistente social Adriana Cercato, sobre ações que a prefeitura estará realizando, para sanar a situação. Segundo Adriana, a presença destas pessoas em meio a cidade, é um fato relativamente novo. Atualmente cerca de 10 moradores vivem nas ruas do município, sendo que em muitos casos, a maioria possuí moradia e familiares próximos.

    Em 2016, a Secretária de Assistência Social, realizou um mapeamento destas pessoas, onde o alcoolismo foi reconhecido como o principal problema, que leva a esta situação.

     De acordo com o Calvete, o ponto crítico da cidade, seria na Avenida Independência, próximo ao varejo da Vinícola Garibaldi, onde além de dormirem, os moradores pedem esmolas aos turistas.

     “Estamos à par da situação, inclusive conhecemos as pessoas. Já tentamos várias abordagens, entretanto não depende apenas dos nossos esforços, eles precisam aceitar nossa ajuda”, afirma.

     O Secretário enfatiza que ninguém pode retirar a força estas pessoas das ruas, pois isto interfere diretamente no seu direito de ir e vir. Além disso, a possibilidade de destinar um albergue, está fora de cogitação, visto que a ideia é encontrar uma forma de ressocializar estas pessoas. Uma reunião entre as pastas da Assistência Social, Saúde, Segurança e Turismo, deve ocorrer nas próximas semanas, para estudar possíveis estratégias.

 

 

 

 

Compartilhe:

deixe seu comentário

Publicidade: