Política


Ex-prefeito Cettolin é nomeado assessor de deputado com salário superior a R$ 14 mil

Filho também tem cargo político no Governo do Estado e recebe salário de R$ 8.500
28/06/2021 Portal Adesso - Foto: Arquivo

     Desde que deixou a prefeitura municipal de Garibaldi no dia 01 de janeiro de 2021, o ex-prefeito de Garibaldi, Antônio Cettolin (MDB), afirmou que retornaria ao seu trabalho na EMATER. Ele também disse que ficaria um período longe da imprensa e assim fez até meados de junho, quando voltou a aparecer e circular pela região enaltecendo o trabalho do atual secretário dos transportes do Estado Juvir Costella, seu companheiro de partido.

     Nos últimos dias, Cettolin apareceu nas redes sociais através de vídeos, acompanhando Costella na imprensa local e visitando entidades o que despertou curiosidade quanto ao seu trabalho, já que como funcionário da Emater – órgão de extensão rural, ele deveria estar visitando agricultores e não fazendo política ao lado de secretário de Estado.

     Através de uma publicação no site oficial da prefeitura de Coronel Pilar, onde dizia que Cettolin era assessor de Costella, nossa equipe buscou mais informações para saber sobre onde o ex-prefeito estaria atuando. 

     Através do Portal da Transparência da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, é possível saber que Antônio Cettolin foi nomeado como CC “Cargo de Comissão” no gabinete do Deputado Estadual Beto Fantinel (MDB) que é suplente de Juvir Costella. No portal da transparência, é possível ver que Cettolin foi nomeado como Assessor Superior II e recebe um salário de R$ 14.289,72. Mesmo sendo nomeado para trabalhar na assembleia, o cargo permite que o ex-prefeito atue no município e não precise bater ponto ou se deslocar e morar em Porto Alegre. 

     Embora na última eleição aliados de Cettolin tenham sido contrários ao governador Eduardo Leite (PSDB), apoiando Sartori (MDB) na disputa. Muitos “esqueceram” a rivalidade e estão fazendo parte do governo Eduardo Leite. É o caso do filho do ex-prefeito Diego Cettolin que ocupa cargo de comissão – CC na Fundação Gaúcha do Trabalho e Assistência Social com um uma remuneração bruta de R$ 8.500. 

     Se somarmos o salário do pai e do filho nos cargos políticos, o valor chega a R$ 22.789,72 mensais, sem contar férias e décimo terceiro salário. 

  




Ex-secretário e braço direito Micael Carissimi garante outro CC na Assembléia

     Além do ex-prefeito Cettolin e do filho Diego Cettolin, o ex-secretário municipal de administração e ex-chefe de gabinete no governo Cettolin, Micael Carissimi, é outro que também foi nomeado para atuar em um cargo de comissão no Poder Legislativo. Micael está ocupando o cargo de Assessor III lotado na bancada do MDB da assembleia. Seu salário é de R$ 3.459,70. 






MAIS NOTÍCIAS