Geral


Colunista se desculpa após publicar texto polêmico sobre mulheres

17/04/2017 Portal Adesso - Foto: Reprodução Jornal Novo Tempo
Anterior Próximo

     Texto postado em sua coluna no Jornal Novo Tempo de Garibaldi foi alvo de milhares de comentários, principalmente de mulheres que se sentiram ofendidas.

     Na edição da última sexta-feira (14), do Jornal Novo Tempo de Garibaldi, o físico e professor André Contini, que possui um espaço semanal no jornal escreveu como título de sua coluna “Uma Mulher Precisa de Três Qualidades”, e no texto abordou o que segundo ele seria uma teoria baseada na filosofia de vida de sua própria mãe.

     Ao longo do texto, André descreve algumas qualidades que para ele tornam as mulheres mais bonitas e elegantes. Porém, em algumas partes da reflexão, o professor escreve palavras mais fortes, o que foi considerado por alguns leitores e internautas ofensivas e discriminatórias.

     O PORTAL ADESSO procurou o Jornal Novo Tempo e o colunista para que se manifestassem sobre a polêmica. A diretora do Jornal, Fernanda Gelmini Portinho, afirmou que o Novo Tempo já havia publicado uma Nota e que não ia mais se manifestar sobre o caso. Já o professor André Contini também publicou uma Nota pedindo desculpas. Mesmo depois da Nota, o professor foi duramente criticado no perfil social do jornal.

     Abaixo, vamos reproduzir na íntegra as Notas Oficiais

 

 NOTA DE ESCLARECIMENTO DE ANDRÉ CARLOS CONTINI

A todas as mulheres deste mundo,

Queria primeiramente pedir desculpas! Sim, fui muito infeliz ao publicar a coluna e mais infeliz ainda ao escrevê-la. Sei que nada que eu disser vai mudar o que as pessoas estão falando de mim, mas achei importante prestar um esclarecimento. Escrevi aquele texto a uns 6 anos atrás, quando eu não sabia nada sobre as mulheres.

     Semana passada quando precisei enviar a coluna para o jornal, decidi escolher uma antiga, já que não havia me sobrado tempo para escrever uma nova. Na correria do dia, enviei justo aquela. Sem ler, só fui me dar conta do que eu havia escrito quando toda essa repercussão ocorreu. Ao longo desses anos, eu aprendi muito sobre as mulheres e não tenho mais aquele pensamento machista.

     Eu mudei, as mudanças fazem parte da vida. Graças a essas mudanças que podemos acreditar em um mundo melhor, sem preconceitos e distinção de gêneros.

Os que me conhecem sabem que hoje sou casado com uma mulher que raramente usa sapato alto, nunca pinta as unhas, odeia brinco de argola e é temperamental na TPM e eu amo ela mais do que tudo nessa vida, ou seja, aquela coluna não representa quem eu sou hoje.

Peço minhas sinceras desculpas a todas as mulheres, ao jornal Novo Tempo e a UCS

Att,

André Carlos Contini

 

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

     O Jornal Novo Tempo vem a público esclarecer que, diante das repercussões provocadas pela publicação da coluna de um de seus articuladores, repudia toda e qualquer forma de desrespeito e preconceito, especialmente no que está inserido na edição de sexta-feira, 13 de abril, quando, usando de seu espaço semanal, André Contini, emitiu seus escritos os quais foram recebidos como machista e preconceituosos, causando descontentamento, indignação e constrangimento a leitoras e leitores.

     O Jornal Novo Tempo, reafirma seus valores lastreados no respeito à dignidade, firme na condução de um jornalismo sério, isento, comprometido com a verdade e, principalmente, sempre atento aos princípios éticos, profissionais e democráticos; marcas construídas e explícitas em todas as relações da empresa em mais de trinta e cinco anos de intenso trabalho, tendo construído forte identificação com a comunidade que o abriga.

     Por ser plural, democrático e transparente, marca sua trajetória por defender a liberdade de imprensa, dando aos seus profissionais e colaboradores liberdade de expressão sem qualquer atitude de censura, pois este instrumento só fortaleceu aos regimes ditatoriais de triste lembrança. Reitera, porém, que isso não seja traduzido como libertinagem, arrogância ou sentimento de supremacia, pois mesmo com a liberdade de expressão garantida nos ditames constitucionais, nela também se insere a responsabilidade pelo que se escreve ou afirma, a qual estabelece os limites para não ferir o direito alheio.

     Diante da publicação deste colunista – por sua total responsabilidade e autoria – em artigo que desagradou e provocou a manifestação de repúdio pelas redes sociais, o Jornal Novo Tempo se solidariza com as manifestações justas e oportunas, afastadas àquelas que fogem da crítica para tecer ofensas que não constroem nenhum caminho para a consagração da verdadeira liberdade de expressão.

     Queremos lamentar o acontecido, sendo uma situação inaceitável para nossa empresa que se esforça, diariamente, para manter sua marca de credibilidade, liderança e respeito, sempre em busca do mais absoluto profissionalismo com o único propósito de fazer comunicação, cabendo neste desagradável episódio pedir nossas sinceras desculpas a todos e a todas leitoras do Jornal Novo Tempo.

 

 

MAIS NOTÍCIAS