Polícia


Mulher é morta a facadas na frente dos filhos em Carlos Barbosa

Feminicídio ocorreu na tarde deste domingo. Marido da vítima se entregou a confessou o crime nesta segunda-feira (01)
01/04/2019 Portal Adesso

     Carlos Barbosa registrou neste domingo (31), o primeiro crime com morte neste ano. Uma mulher foi morta a facadas na frente dos dois filhos no bairro Planalto, por volta das 17h. Daniela de Freitas Masagão, 38 anos, foi atingida por pelo menos oito golpes de faca por seu companheiro, Augusto Marchi,  de 39 anos.

     Conforme a delegada da Polícia Cívil, Maria Isabel Zerman Machado, Daniela e seu companheiro tiveram uma discussão dentro da residência, localizada na Rua Antonio Martins Guerra. Os dois saíram para a rua onde ocorreu o crime.  A vítima, ainda consciente, contou  para as equipes de socorro que havia sido atingida pelo homem. Os dois filhos do casal, de 7 e 15 anos, presenciaram o crime.  Na casa, também estava a mãe do companheiro da vítima, que passou mal  após o fato e precisou ser socorrida. As crianças foram levadas para o Conselho Tutelar.

     A mulher chegou a ser encaminhada ao Hospital São Roque, mas acabou não resistindo aos ferimentos.  Após o crime, o companheiro da vítima fugiu para um matagal próximo à residência e não foi localizado pela Brigada Militar. Ainda de acordo com a delegada, Daniela não possuía medida protetiva para caso de violência doméstica, e o homem não teria antecedentes criminais.

     Marido da vítima se entregou nesta manhã e confessou o crime. 

     Na manhã desta segunda-feira (01),  Augusto Marchi, que estava foragido e se escondia em um matagal procurou a Brigada Militar para se entregar. Conforme o comandante da Brigada Militar de Carlos Barbosa, Tenente João Carlos da Silva Santos, o homem ligou cedo  da manhã para a BM dizendo que queria se entregar. Ele foi orientado do que deveria fazer e a polícia marcou um local para que a rendição fosse feita. Augusto  desconfiou e não concordou, desligando o telefone. Logo após, ligou novamente para a BM e disse que se entregaria em frente a sede da BM de Carlos Barbosa. 

     Aos policiais ele confessou o crime e foi levado para a Delegacia de Polícia de Carlos Barbosa. A Polícia Cívil está aguardando decisão da justiça para adotar outro procedimento. Se a decisão for prisão, ele será levado para o presídio Estadual de Bento Gonçalves. 

     

Clique e Acompanhe a entrevista coletiva na Polícia Cívil





MAIS NOTÍCIAS