Política


Vereadores de Bento pedem a cassação de Moacir Camerini

Vereador do PDT é acusado de faltar com o decoro parlamentar e de ter disseminado informações falsas
14/10/2019 Rádio Difusora 890 - Foto: Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves

     Na sessão ordinária desta segunda-feira, dia 14, na Câmara Municipal de Vereadores de Bento Gonçalves, os parlamentares que integraram a CPI das Fake News, ingressaram com pedido de cassação do vereador Moacir Camerini (PDT). A leitura foi realizada pelo vereador Paulo Roberto Cavalli – Paco PTB, o 1º secretário da Mesa Diretora.

     Consta no documento que o denunciado infringiu o disposto no Artigo 7º, Inciso III do Decreto Lei 201/1967, ao “proceder de modo incompatível com a dignidade, da Câmara e faltar com o decoro na sua conduta pública”.

     O pedido foi assinado pelos vereadores Jocelito Tonieto (PDT), Anderson Zanella (PSD), Gilmar Pessutto (PSDB), Volnei Christófoli (PP) e Idasir dos Santos (MBD). A denúncia será votada na próxima sessão ordinária, dia 21, e os parlamentares que efetuaram o pedido terão de afastar por fazerem parte da CPI, assim, serão convocados seus suplentes.


Entenda o caso

     A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) apontou que o vereador Moacir Camerini foi o mentor das Fake News utilizadas para atacar vereadores e políticos de Bento Gonçalves. De acordo com o relatório, publicado no site da Câmara, o parlamentar teria ordenado seus ex assessores a montar o material falso utilizando os computadores do Legislativo. O documento foi entregue ao Ministério Público no último dia 04 de outubro. 


MAIS NOTÍCIAS