Economia


Comércio projeta boas vendas, mesmo com dia das mães atípico

Em função do distanciamento social, a grande tendência para a data será a compra de presentes online
07/05/2020 Portal Adesso - Foto: Portal Adesso

     No próximo domingo (10) é comemorado o dia das mães, porém este ano, em meio à pandemia do Coronavírus, a celebração será um tanto quanto atípica. Muitos filhos e mães passarão a data longe, ou estarão reunidos de forma virtual. Para o comércio, a expectativa é que as vendas se mantenham no mesmo nível do ano passado, mesmo sem a possibilidade de entregar o presente em mãos. 

     Em função do distanciamento social, a grande tendência para a data será a compra de presentes online. Segundo a pesquisa Behup/Globo 2020, 85% dos filhos vão presentear as suas mães no próximo domingo e, desse total, 82% considera comprar online. Na região muitas lojas estão adotando essa prática.

     Segundo Carlos Morari, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Garibaldi, muitas lojas do município já estão com os sistemas de e-commerce implementados. “As lojas de Garibaldi estão se adaptando aos serviços. Muitas já oferecem a possibilidade de entregas tipo delivery. Muitos comércios decidiram investir nas vendas via whatsapp, instagram e facebook”, argumenta Morari.

     Um dos benefícios de buscar o comércio local para as compras do dia das mães e a confiança que já existe entre vendedores e compradores. “As pessoas da cidade já se conhecem. Fica até mais fácil para fazer uma troca de mercadoria, por exemplo. Além disso, com a possibilidade das máquinas móveis de cartão, o pagamento poderá ser feito no ato da entrega da mercadoria, na casa do cliente”, explica o presidente.

     Neste ano a procura maior é por artigos de vestuário e de flores. Muitas lojas também estão promovendo descontos e condições especiais para pagamento. “Como as lojas já tinham comprado seus estoques para o inverno antes da pandemia, elas estão conseguindo fazer alguns preços e condições especiais. A alternativas para quem quer gastar um pouco mais e para quem precisa economizar neste momento”, destaca. 

     Outro fato importante é que, ao comprar no comércio local, as pessoas estão ajudando o fortalecimento da economia do município em um momento delicado. “Nós sabemos que, por causa da pandemia e o tempo em que as lojas tiveram que permanecer fechadas, o comércio teve prejuízos. Então, quando uma pessoa opta por comprar o presente para a sua mãe em uma loja daqui, além do presente, essa pessoa está gerando um impacto positivo, ajudando na manutenção de empregos e no aumento da renda e da arrecadação municipal. Essa arrecadação acaba revertida para o próprio povo”.


MAIS NOTÍCIAS