Saúde

Garibaldi é referência na prática do reiki

02/03/2018 - Fonte: Portal Adesso - Foto: Tamires Piccoli

Compartilhe:

     Por meio do trabalho de mestres da cidade, prática vem ganhando espaço em universidades e hospitais do estado. A arte milenar japonesa reiki, vem ganhando espaço no Rio Grande do Sul, em hospitais e no meio acadêmico, graças a dois mestres reikianos de Garibaldi, que vem difundindo a prática.

     Adão Revair de Sá Brito e José Antonio Camargo, iniciaram cursos de extensão em reiki, voltados para a área da saúde, na Universidade de Caxias do Sul – UCS, em 2015 e, Universidade do Vale dos Sinos – Unisnos, em 2012, respectivamente.

     Formado em enfermagem pela UCS, e praticante do reiki há 7 anos, Adão já formou outros 2 mestres, que o acompanham no trabalho voluntário, realizado no Hospital Geral, em Caxias do Sul.

     Todas as segundas-feiras, entre os meses de marços a novembro, os mestres de Garibaldi, aplicam o reiki nos funcionários, como forma de auxiliar nas tensões diárias.

      “Quem já trabalhou no meio hospitalar, sabe como é o sofrimento de quem se dedica a cuidar de outras pessoas. Com isso, eu e o José, juntamente com nossos alunos, nos revezamos para atender todos os funcionários, desde os médicos e enfermeiros, até o pessoal da copa e higienização”, conta.

     Além disso, Adão realiza atendimento em seu espaço terapêutico, onde recebe em média 5 pessoas por semana, entre elas muitas crianças. As causas são as mais diversas, medo do escuro, medo de dormir sozinho, hiperatividade, ansiedade, porém todas são amenizadas após as sessões de reiki.

     Apesar do reiki ser reconhecido pelo Ministério do Trabalho, como profissão regulamentada desde o ano passado, a falta de  profissionais da área no sistema público de saúde, acaba fazendo com que muitas pessoas tratem as fobias como doenças.

     “O reiki não trata, ele ameniza as fobias das pessoas. Quanto mais praticar, mais a pessoa vai ficar equilibrada e conseguirá lidar melhor com estes problemas”, afirma.

 

 

Compartilhe:

deixe seu comentário

Publicidade: