Política


Câmara de Carlos Barbosa rejeita cobrança de Taxa de Lixo e Iluminação

16/12/2015 Rádio Estação FM

     O projeto de lei enviado ao legislativo, pelo prefeito de Carlos Barbosa Fernando Xavier da Silva, que previa a cobrança da taxa de lixo foi rejeitado por 8 x2 na sessão de segunda-feira (14) da Câmara de Vereadores de Carlos Barbosa. Os votos favoráveis foram dos vereadores Denir Gedoz (PMDB) e Rafael Dalcin (PDT).

     Ambos enfatizaram a necessidade da cobrança por parte da Prefeitura devido ao custo da coleta que vai chegar aos R$ 4 milhões e por isso faltariam recursos em outros setores.

     Na semana passada os vereadores também rejeitaram uma proposta do prefeito em reajustar a taxa de iluminação pública. A cobrança da taxa de lixo foi um apontamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE) com base na renúncia de receita.

     Quando o projeto entrou em pauta no começo do mês foi solicitado pelos vereadores ao prefeito que a cobrança da taxa de lixo fosse cobrada de forma gradativa. Uma mensagem retificativa ao projeto foi enviado ao Poder Legislativo por Xavier, mas os vereadores rejeitaram a proposta mesmo assim.

 

 

MAIS NOTÍCIAS