Economia


Carlos Barbosa e Garibaldi apresentam contraste em números de exportação

16/10/2017 Portal Adesso - Foto: Ilustração

     Enquanto Barbosa tem expansão em remessas para fora do país, a Terra da Champanha vê sua exportação retrair

     Sendo um dos pilares mais importantes para manter a economia de um município saudável, o aumento da exportação permite às empresas que projetem investimentos que beneficiarão a comunidade. Segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, mostram que as duas cidades estão em situações opostas.

     No período de janeiro a setembro deste ano, a Terra do Espumante viu seu total de exportação cair. Se comparado o mesmo período de 2016, quando totalizava R$ 46.976.221 mi, Garibaldi perdeu mais de R$ 6 mi em saídas. Até agora, a cidade exportou R$ 39.823.238 mi. O principal fator que contribuiu para a redução fica por conta das carnes de aves, que em 2016 colaborou com 50% das vendas, neste ano a participação caiu para 39,89%. Em contrapartida o segundo colocado aumentou sua participação nas exportações, subindo de sete para 10%.

     Em Carlos Barbosa houve um aumento de mais de R$ 10 mi em exportações. Em 2016, a cidade registrou um total de R$ 116.822.181 mi. Neste ano, o município já computou R$ 127.116.924 mi, um aumento de 8,81%. Na cidade vizinha, os produtos mais exportados são do tipo lâminas cortantes, como facas. Esse segmento registrou um aumento de 16,38% de 2016 para 2017.

 

 

MAIS NOTÍCIAS