Geral

Congresso Feminina reúne 400 mulheres empreendedoras da Serra Gaúcha

06/10/2018 - Fonte: Portal Adesso - Fotos: Priscila Boeira/APEME

Compartilhe:

     O olhar empático, o protagonismo, a garra e a força feminina nas organizações motivaram cerca de 400 mulheres empreendedoras na sexta-feira (05), no Feminina – 1º Congresso de Mulheres Empreendedoras da Serra Gaúcha. O evento foi promovido pela Apeme Mulher - núcleo feminino da Associação de Pequenas e Médias Empresas (Apeme), no ginásio da Associação dos Motoristas de Garibaldi (AMG).

     O congresso trouxe a bailarina Ana Botafogo, as empresárias Maria Anselmi, Odete Bettú Lazzari, Maristela Tomasi Chiappin e Cíntia Lee Martinez Megget, além da cientista Cristina Furlanetto e o filósofo Gustavo Balbinot. Na oportunidade, foi anunciada a realização do 1° Congresso da Apeme, em 2019, aberto a todos os associados, empreendedores e comunidade.

     O Feminina iniciou com as boas-vindas da presidente da Apeme, Rosângela da Costa. “Empreender é gerar movimento, impulsionar, transformar. As mulheres têm aumentado sua representatividade e inovado nas formas de trabalho, contribuindo para o desenvolvimento de suas famílias, comunidades e país. Mulher, sinônimo de possibilidade e multiplicidades!”

     Em sua fala, a presidente da Apeme Mulher, Carla Casagrande Brandelli, mostrou o posicionamento da entidade. “Essa nova experiência está alinhada com a nossa visão para 2020: ‘ser uma referência regional em representatividade da mulher e realização de ações socioculturais, reconhecidas pelo fomento do empreendedorismo feminino.

     A palestra de Ana Botafogo coroou o congresso ao contar detalhes de sua carreira de 40 anos. A primeira-bailarina do Teatro Municipal do Rio de Janeiro sempre mirou na perfeição de movimentos, conquistados com muito treino e dedicação. “O aprendizado do balé é de extremo valor para a vida. A exigência, o controle emocional e o trabalho em equipe são grandes lições. Sou muito feliz por conseguir empreender na área que mais amo”, concluiu. Ana criou a empresa Anarte, justamente para preparar seu abandono dos palcos. O empreendimento engloba uma produtora de espetáculos, butique, moda e academia de dança.

     O evento encerrou com show de Lela Rosanelli e um coquetel entre as participantes.

 

 

 

 

mais fotos:

Congresso Feminina reúne 400 mulheres empreendedoras da Serra Gaúcha Congresso Feminina reúne 400 mulheres empreendedoras da Serra Gaúcha

Compartilhe:

deixe seu comentário

Publicidade: